Noticias - Jornal Agito Ubatuba

Um novo conceito em jornal

Cidade: Ubatuba
Publicado em 02/03/2018

Pelo segundo ano consecutivo, Ubatuba participa da Seatrade


Circuito Litoral Norte representa o Brasil em evento internacional de Cruzeiros Marítimos

 

O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato 9PSD), juntamente com o secretário de Turismo de Ubatuba, Luiz Bischof, integram a comitiva do Circuito Litoral Norte que representa a região na Seatrade Cruise Shipping Convention, que acontece de 5 a 8 de março nos Estados Unidos.

Além deles, estarão presentes o prefeito de São Sebastião ,Felipe Augusto, junto com sua secretária de Turismo, Adriana Balbo, e o secretário de Turismo de Ilhabela, Ricardo Fazzini.

O estande do Litoral Norte na feira conta com 36 metros quadrados, decorados com fotos, e uma central de relacionamento- trata-se de uma sala reservada de 3mX 3m para que sejam feitas as negociações das cidades com os armadores Além disso, está disponível uma TV para cada cidade, a fim de que sejam exibidas imagens de atrativos de cada município.

Este ano, Ubatuba levará três vídeos – dois com atrativos e um sobre o desembarque do primeiro navio da MSC – temporada 2018, que mostra a estrutura do novo píer, o desembarque com dois tênderes e o receptivo.

Atualmente, as duas empresas de navios que operam em Ubatuba são a MSC e a Costa Cruzeiros – esta última que, inclusive, já tem parada confirmada para março de 2019.

De acordo com o secretário Bischof, o objetivo da participação na feira é trazer outras empresas, mostrando Ubatuba para o mundo.

Ainda segundo Bischof, o secretário de Turismo de Ilhabela já fez o contato inicial com essas empresas, visitando-as e distribuindo o material produzido, pois ele embarcou para os Estados Unidos no dia 27 de fevereiro, a fim de já estabelecer esse contato inicial representando o Circuito Litoral Norte.

“Ubatuba está de volta na maior feira de turismo marítimo do mundo. Nosso retorno é para ampliar e conquistar ainda mais este mercado, como fizemos em 2017, resultando na retomada das relações com a MSC. Estamos preparados para receber cruzeiros nacionais e internacionais. O píer foi revitalizado e agora oferece condições seguras para o desembarque e embarque dos passageiros que visitam nossa cidade”, acrescentou Sato.

 

Benefícios para região

Bischof ainda acrescentou que outro objetivo da participação na Seatrade é apoiar a representatividade do Circuito para que São Sebastião se torne um porto emissor. “Temos uma agenda a ser cumprida em Fort Lauderdale, pois São Sebastião está na iminência de se tornar um porto emissor. Com as obras na Tamoios e o novo acesso da Carvalho Pinto à Osvaldo Cruz, temos cada vez mais condições de proximidade, representando um grande avanço com pessoas que virão para a região a fim de esperar o dia do embarque”, comentou.

Segundo o gerente geral da agência Island Travel, Pablo Förster, a Seatrade acontece em diferentes partes do mundo durante o ano, mas a principal e maior edição é a de Miami – que, desde 2017 é realizada na cidade vizinha, Fort Lauderdale.

“É o maior evento de indústrias de Cruzeiros em que os participantes tem o poder de contratação – são CEOs, donos das Companhias Marítimas. A Seatrade é importante porque os coloca nas mãos das operadoras, do poder público e dos agentes portuários de forma direta”, explicou Förster.

 

Receptivo

O desembarque é organizado inicialmente com as pessoas que já adquirem seus passeios no interior do navio.  Posteriormente, descem aqueles que desejam efetuar a compra dos pacotes na cidade.

Todas as agências do receptivo estão regularizadas, com inscrição no Cadastur. Além delas, ficam no local representantes das comunidades tradicionais, como índigenas e quilombolas, e representantes da casa do artesão.

O Centro de Informações Turísticas –CIT da secretaria de Turismo, Projeto Tamar e Áquario também estão presentes, bem como os transportes – trenzinho, táxis e vans, cujos documentos atendem à Lei Municipal 3711, de 21 de novembro de 2013, que fornece todas as diretrizes para o receptivo de navios de turismo no município”

Na parada do dia 27 de fevereiro, o MSC Música estava com 2206 passageiros, dos quais desembarcaram 1200. A previsão do desembarque do dia 02 de março ficou em torno de 800 turistas.

Bischof relembrou os dados compartilhados durante o Seminário “Cruzeiros Marítimos: O momento é esse”, realizado pela Cruise Line International Association Brasil (Clia Brasil) realizado em Brasília, no ano passado.

Segundo ele, nas três últimas temporadas que antecederam a 201/2018, o setor de cruzeiros marítimos injetou mais de R$ 6,39 bilhões na economia brasileira e transportou 1,69 milhões de passageiros. Os destinos que recebem navios são beneficiados em diferentes aspectos, como o aumento do fluxo de turistas nas cidades, movimentando o comércio e gerando empregos.

“Cada passageiro representa R$ 513 de gasto por dia e, a cada 17 passageiros, tem-se a geração de um emprego. Estão em operação/construção cerca de 60 navios de grande porte que devem começar a navegar até 2026. Além disso, os navios atuais estão à procura de novos destinos. Ubatuba está se preparando para pegar uma fatia desse mercado de navios que está operando na América do Sul”, acrescentou o secretário.

 

 


-----------------

 

 

Voltar